Vestígios de antiga olaria encontrados em Pinheiros ganham exposição
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vestígios de antiga olaria encontrados em Pinheiros ganham exposição

Mostra é grátis e vai até o dia 12

Edison Veiga

29 Setembro 2014 | 00h06

Foto: JF Diorio/ Estadão

São fortes os indícios de que funcionava uma olaria na região de Pinheiros há mais de 200 anos. Esta é a principal conclusão de um grupo de arqueólogos que, entre 2010 e 2013, escavou um terreno de 17 mil metros quadrados entre as Ruas Amaro Cavalheiro, Butantã e Paes Leme, na zona oeste de São Paulo.
_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________
A equipe, formada por 35 especialistas, entre eles 21 arqueólogos, foi contratada por uma incorporadora imobiliária. “No total, encontramos mais de 50 mil peças arqueológicas, mas o que mais chamou a atenção foram restos de oito fornos”, comenta o arqueólogo Paulo Eduardo Zanettini, coordenador do projeto.

Foto: JF Diorio/ Estadão

Nos últimos meses, o material coletado começou a ser analisado. “Fizemos 17 datações até concluirmos que se tratam de fragmentos de mais de 200 anos”, explica Zanettini. Agora, passam por exposição pública e, em seguida, serão incorporados ao acervo do Centro de Arqueologia de São Paulo, mantido pela Prefeitura no Sítio Morrinhos, na zona norte. Leia mais sobre o material encontrado aqui.

Foto: JF Diorio/ Estadão

EXPOSIÇÃO MÃOS NO BARRO DA CIDADE: UMA OLARIA NO CORAÇÃO DE PINHEIROS.
ATÉ 4 DE OUTUBRO, NA ESTAÇÃO FARIA LIMA NO METRÔ;
DE 6 A 12 DE OUTUBRO, NO LARGO DA BATATA, EM PINHEIROS, SÃO PAULO. GRÁTIS