As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Turismo em São Paulo

Edison Veiga

26 Julho 2011 | 14h42

O meu bate-papo na rádio Estadão ESPN no dia 13 de julho foi uma espécie de continuação do que havia sido dito aqui. Por problemas técnicos, a gravação não foi disponibilizada no site. Para quem perdeu, entretanto, segue a coluna, em linhas gerais:

“Na semana passada a gente comentou sobre as vantagens que São Paulo leva em relação a outras cidades brasileiras, por estar ligada, diretamente, por meio dos voos, a 48 cidades do mundo. Responde, portanto, por 65% dos voos internacionais que começam, passam ou terminam no Brasil.

Aí eu resolvi aproveitar a oportunidade para entender um pouco como é esse fluxo de turistas em SP. Pedi um levantamento para a SPTuris, empresa de turismo e eventos da cidade. Os dados são bem interessantes.

– Os Estados Unidos são a origem da maior parte dos turistas que chegam aqui – 19,2% do total;

– Em segundo lugar, aparecem os argentinos (8,9%);

– Os turistas estrangeiros passam, em média, cinco dias em São Paulo. Gastam de R$ 2 mil a R$ 5 mil (por pessoa);

– Dos turistas brasileiros, a maior parte vem do Rio de Janeiro, seguida pelos paranaenses e mineiros;

– Do interior paulista, lideram o ranking as cidades de Campinas, Ribeirão Preto e Bauru;

– Chamados de turistas domésticos, eles costumam passar, em média, três dias em São Paulo, gastando de R$ 1,6 mil a R$ 3,5 mil por pessoa;

– Quanto às compras, os turistas brasileiros preferem roupas (32,5%), livros (15,2%) e artigos de perfumaria (7,6%). Os estrangeiros que vêm para cá também gastam mais com roupas (31,5%), mas em segundo lugar aparecem os brinquedos (10,6%), seguidos pelos artigos de perfumaria (9,8%).”