Só pra quem sabe
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Só pra quem sabe

Lasanha de pato e outros pratos: não estão no cardápio

Edison Veiga

19 Setembro 2016 | 00h14

Foto: Lucas Terribili/ Divulgação

Foto: Lucas Terribili/ Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Esta é para quem quer bancar o sabe-tudo das rodas gastronômicas de São Paulo: como não é de hoje que casas têm pratos secretos (que não constam nos menus mas podem ser pedidos), entregamos três deles. No italiano Salvatore Loi (R. Joaquim Antunes, 102, Pinheiros), o chef vem fazendo, ainda como teste, uma lasanha de pato com cogumelos, muçarela e molho de laranja. Custa R$ 77.

Uma das especialidades do restaurante Tanit (R. Oscar Freire, 145, Jd. Paulista) são as croquetas. No cardápio, há apenas duas versões – a clássica, de presunto ibérico; e uma de alho poró e queijo de cabra. Mas há versões escondidas – no caso, a de chouriço e a de pato (R$ 28, a porção).

Já nos portugueses Tasca da Esquina (Al. Itu, 225, Cerqueira César) e Taberna da Esquina (R. Bandeira Paulista, 812, Itaim Bibi), ambos do mesmo proprietário, os clientes podem pedir pratos típicos que não estão no menu, como o cozido português, a cabidela e o arroz à minhota. Qualquer um deles sai por R$ 120.

Mais conteúdo sobre:

São PauloComida