Santuário de Aparecida se torna catedral
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Santuário de Aparecida se torna catedral

Título foi concedido pelo papa Francisco; decreto será promulgado em missa no sábado (12)

Edison Veiga

10 de novembro de 2016 | 19h59

Foto: Hélvio Romero/ Estadão

Foto: Hélvio Romero/ Estadão

Principal centro de peregrinação da Igreja Católica no País, o Santuário Nacional de Aparecida agora é reconhecido pelo Vaticano como Catedral Arquidiocesana de Aparecida. Em documento enviado pelo papa Francisco no último dia 22, ficou autorizada a transferência do título da Igreja de Santo Antônio, na vizinha Guaratinguetá, à basílica de Aparecida. A oficialização ocorre neste sábado (12), em missa – o Decreto da Congregação para os Bispos será promulgado pelo delegado do Núncio Apostólico no Brasil, d. Giovanni d’Aniello.

“Com a transferência, fica extinto o título de catedral do templo dedicado a Deus, em honra de Santo Antônio, na cidade de Guaratinguetá, passando, então, o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida ao grau e dignidade de igreja-catedral da mesma Arquidiocese”, afirmou, em nota oficial, o cardeal arcebispo de Aparecida, d. Raymundo Damasceno Assis.

O purpurado frisou, entretanto, que a transferência do título não retira a importância da Igreja de Santo Antônio, o mais antigo templo católico da arquidiocese. Dentro da organização institucional da Igreja Católica, a catedral é considerada a igreja oficial do bispo – que não tem uma paróquia, porque se entende que todas as paróquias pertencem à diocese. A cátedra, portanto, está ligada à autoridade episcopal.