Rock nos trilhos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rock nos trilhos

Metrô e CPTM têm shows feitos pelos próprios funcionários

Edison Veiga

23 de setembro de 2015 | 18h40

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Na programação de Metrô e CPTM, tem rock. O som começa às 18h desta quinta (24), com show da Banda dos Seguranças do Metrô (foto acima), a partir das 18h, na Estação Corinthians-Itaquera. No repertório, hits de Rolling Stones, Scorpions, U2 e Led Zeppelin.

A Banda dos Seguranças do Metrô foi criada em 2011. Começou com três agentes de segurança da Estação Brás: o vocalista Costa Lima, o tecladista Cipriano e o maestro Lucivaldo. Eles procuraram outros colegas músicos e chegaram ao grupo atual, com nove integrantes. De acordo com a companhia, “os ‘músicos-seguranças’ se apresentam duas vezes por mês em uma estação do Metrô, durante uma hora, vestidos com o tradicional uniforme preto”.

“O diferencial do grupo, que une música de qualidade com a cordialidade de um segurança metroviário, já conquistou um público cativo que acompanha de perto seu trabalho”, ressalta o Metrô, por meio de sua assessoria de imprensa. “Com o apoio do Metrô, os integrantes da banda procuram se aproximar mais da população e mostrar que, além da seriedade exigida em sua função, podem levar alegria aos passageiros através da música.”

CPTM. Sábado (26), das 11h às 16h, a Estação Palmeiras-Barra Funda sedia o Rock Prata da Casa, um minifestival de rock com quatro bandas formadas por funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Last Train é uma banda formada por três funcionários do Centro de Controle Operacional (CCO). Segundo a assessoria de imprensa da CPTM, no caso deles “a seriedade exigida no controle do tráfego dos trens intercala-se com a descontração da irreverência do rock, proporcionando um equilíbrio harmonioso”. No repertório do grupo, tem Elvis Presley, Beatles, Creedence Clearwater Revival, Iron Maiden, Dire Straits, Raul Seixas, Legião Urbana e Tears for Fears.

Back Mountop foi criada em 2012 por Danilo Carvalho Braga, técnico de manutenção, projetos e obras da CPTM. “A sinergia entre a música e o trabalho é muito significativa. Na área em que atuo tenho que ter uma visão ampla”, diz o funcionário.

A banda The Doorments Railroad Rock Band nasceu há 15 anos, como brincadeira em uma confraternização de fim de ano na oficina de Presidente Altino da companhia. Na carreira do grupo, somam-se cerca de 30 shows nas dependências da CPTM. Quatro dos sete integrantes atuais são ferroviários, sendo três da área de manutenção: o vocalista Ailton da Silva Trindade, o vocalista Carlos José Romualdo e o saxofonista e tecladista Ênio Roberto Roma. O líder musical e coordenador dos ensaios Roberto Uzelin CArneiro é supervisor dos bloqueios e telecomunicações.

O vocalista e guitarrista Rodrigo Cristiano de Assis, analista de comunicação social do Departamento de Marketing e Relacionamento da CPTM é o representante da companhia no trio AntiOxidante, formado em 2007 por amigos de infância, todos de Mogi das Cruzes. O som do grupo é inspirado em bandas como Ramones e The Clash. Constam da carreira da banda abertura de shows de grupos como Paralamas do Sucesso e Inocentes.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: