Reciclagem de raio X
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reciclagem de raio X

_____________________ Paulistices no Facebook: curta! E também no Twitter: siga! _____________________ Por conter o metal prata em sua composição, as chapas de raio X não devem ser descartadas juntamente com o lixo comum. Por conta disso, o Hospital das Clínicas instalou, em 2010, um posto de coleta no Instituto Central da entidade (Av. Dr. Enéas

Edison Veiga

24 de outubro de 2014 | 07h45

Foto: Felipe Rau/ Estadão


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________
Por conter o metal prata em sua composição, as chapas de raio X não devem ser descartadas juntamente com o lixo comum. Por conta disso, o Hospital das Clínicas instalou, em 2010, um posto de coleta no Instituto Central da entidade (Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, Cerqueira César, 3069-6000). Ali, das 8h às 17h, recebe material de pacientes, profissionais e população em geral. O montante arrecadado no Hospital das Clínicas é encaminhado ao Fundo Social de Solidariedade do Governo do Estado. Na reciclagem, a prata acaba separada do plástico – e ambos podem ser reaproveitados. Até hoje, a instituição já recebeu 13 mil quilos do material.
Notícias relacionadas

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.