Para ler no Metrô
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para ler no Metrô

Projeto divulga ranking dos livros mais lidos no transporte público

Edison Veiga

09 de abril de 2015 | 15h04

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

‘As Crônicas de Gelo e Fogo’, de George R. R. Martin (Editora Leya), ‘Origens da Fundação’, de Isaac Asimov (Aleph), ‘Série Divergente’, de Veronica Roth (Rocco), ‘A Bíblia’ (Velho e Novo Testamento, em edições diversas) e ‘A Festa da Insignificância e Outros’ de Milan Kundera (Companhia das Letras) foram os livros mais lidos no Metrô de São Paulo durante o mês de março. Pelo menos segundo levantamento do projeto Tem Mais Gente Lendo (TMGL), que há dois anos documenta, por meio de fotos postadas nas redes sociais com a hashtag #temmaisgentelendo, usuários do transporte público com livros abertos nos vagões paulistanos.

O TMGL é capitaneado pelos jornalistas Hamilton dos Santos e Sérgio Miguez – este, também livreiro e curador de eventos da Livraria Cultura. “Em meados de 2014, eu deixei um pouco o carro de lado e passei a ir trabalhar de Metrô. Fiquei espantado com a quantidade de gente lendo livros físicos”, comenta Santos. “Era um fenômeno, sem dúvida. Comecei a registrá-lo, o fenômeno, e a postar fotos na minha página no Facebook.” Atualmente, o projeto pode ser acompanhado pelo www.temmaisgentelendo.com e pelo www.facebook.com/temmaisgentelendo.

Tendências: