Papa é convidado a visitar a Amazônia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Papa é convidado a visitar a Amazônia

Arcebispo emérito de São Paulo chamou Francisco para conhecer a realidade dos povos indígenas

Edison Veiga

14 de dezembro de 2015 | 00h01

Foto: Márcio Fernandes/ Estadão

Foto: Márcio Fernandes/ Estadão

O cardeal d. Cláudio Hummes (foto), arcebispo emérito de São Paulo e prefeito emérito da Congregação para o Clero, convidou o papa Francisco a visitar a Amazônia em 2017, quando o sumo pontífice deve realizar a segunda viagem ao Brasil de seu papado. Hummes lançou a proposta a Francisco por meio de uma carta, em audiência ocorrida na Cidade do Vaticano na última semana. O cardeal pede especial atenção às comunidades indígenas brasileiras.

Em 2017, papa Francisco deve visitar o País a fim de participar das celebrações dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira da nação. O arcebispo emérito de São Paulo tem se dedicado especialmente às questões amazônicas, uma vez que preside a Rede Eclesial Pan-amazônica (Repam) e a Comissão Episcopal Pastoral par a Amazônia, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Não foi a primeira vez que o papa Francisco recebeu um pedido para que fossem ao Norte do Brasil. Meses atrás, bispos que atuam ali também havia solicitado ao sumo pontífice que comparecesse à região. A interlocutores, Hummes afirmou que tem “muita confiança” de que o papa fará “todo o possível” para concretizar essa visita.

Foto: Tony Gentile/ Reuters

Foto: Tony Gentile/ Reuters

Francisco tem demonstrado preocupação especial com as questões ambientais. Laudato Si’ – Sobre o Cuidado da Casa Comum, publicada este ano, ficou conhecida como “encíclica verde”.

Tendências: