Pão e banho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pão e banho

DO FUNDO DO BAÚ _____________________ Paulistices no Facebook: curta! E também no Twitter: siga! _____________________ Na São Paulo das antigas, quando as casas não tinham banheiro, não era fácil manter-se asseado. Quem podia pagava e frequentava as casas de banho que existiam no século 19. O ‘Almanaque Paulista Ilustrado para 1896’ diz que havia, naquele

Edison Veiga

28 de outubro de 2014 | 07h21

DO FUNDO DO BAÚ

Foto: Militão Augusto de Azevedo


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Na São Paulo das antigas, quando as casas não tinham banheiro, não era fácil manter-se asseado. Quem podia pagava e frequentava as casas de banho que existiam no século 19. O ‘Almanaque Paulista Ilustrado para 1896’ diz que havia, naquele ano, quatro estabelecimentos do tipo na cidade: um na Rua Direita, outro na Rua Boa Vista e dois no Largo São Bento – entre eles, a Casa de Banhos da Sereia Paulista, inaugurada em 1865 e que aparece na foto acima. Como era um misto de casa de banho e restaurante, famosos também eram os bifes preparados pelo proprietário, o húngaro José Fischer.

Tudo o que sabemos sobre:

ComidaComportamentoHistóriaSão Paulo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.