Os palácios paulistas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os palácios paulistas

Edison Veiga

27 de agosto de 2013 | 00h27

DO FUNDO DO BAÚ

FOTO: JOSÉ PATRICIO/ ESTADÃO

Engana-se quem pensa que residência do governador é só aquela do Morumbi, o Palácio dos Bandeirantes. Pois há outros dois: o da Boa Vista, em Campos do Jordão (inaugurado em 1964), e o do Horto (foto), criado no Horto Florestal, na zona norte, em 1949. Ao longo da história, o governo paulista foi sediado em outros endereços. De 1765 a 1930, a sede administrativa do Estado funcionava no Pátio do Colégio. Até 1970, o Palácio dos Campos Elísios (Av. Rio Branco, 1.269, Sta. Cecília) tornou-se oficial. E, desde então, o governador dá expediente no Bandeirantes. Mais detalhes desta história podem ser vistos na mostra ‘Casa do Poder’.

Palácio dos Bandeirantes. Av. Morumbi, 4.500, portão 2, Morumbi, 2193-8282. 10h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 30/3/2014.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 16 de agosto de 2013

Tem Twitter? Siga o blog

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.