As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Olha só…

Edison Veiga

02 de agosto de 2011 | 09h14

Antibactérias. A partir do último sábado, os 1.234 voluntários da Associação Viva e Deixe Viver – que se dedica a contar histórias em hospitais – começaram a utilizar um moderno jaleco feito com tecido à prova de bactérias. A iniciativa, inédita, pretende aumentar a segurança de voluntários e pacientes, prevenindo infecções hospitalares. A confecção de cada jaleco custou R$ 60. O design foi criado, numa ação voluntária, pelo estilista Walter Rodrigues.

Organização social. A Viva e Deixe Viver foi fundada em 1997 pelo paulistano Valdir Cimino. Hoje em dia, os contadores de histórias já atuam em mais de 80 hospitais.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 1º de agosto de 2011

Tem Twitter? Siga o blog

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.