O ouro do Jaraguá
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O ouro do Jaraguá

DO FUNDO DO BAÚ

Edison Veiga

13 Maio 2015 | 07h58

Reprodução: Hélvio Romero/ Estadão

Reprodução: Hélvio Romero/ Estadão


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Datada de 1812, esta gravura feita pelo mineralogista inglês John Mawe (1764-1829) – intitulada ‘Uma Visita da Lavagem de Ouro no Jaraguá Perto de São Paulo’ – originalmente integrou o livro ‘Viagens ao Interior do Brasil’, publicado por Mawe em Londres. O desenho retrata um episódio pouco conhecido da história paulistana: o fato de que, em 1562, foram encontradas, ali no Pico do Jaraguá, ponto geográfico mais alto do município, as primeiras jazidas de ouro do Brasil. A gravura integra a exposição permanente do Espaço Olavo Setubal – Coleção Brasiliana Itaú, do Itaú Cultural (Av. Paulista, 149, 2168-1777).