O leste da leste
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O leste da leste

Edison Veiga

23 de outubro de 2013 | 00h30

FOTO: MÁRCIO FERNANDES/ ESTADÃO

Com 15 mil habitantes, a Vila Zelina é um pedaço do Leste Europeu na zona leste. Na primeira metade do século 20, o bairro recebeu búlgaros, croatas, eslovenos, estonianos, letos, húngaros, lituanos, poloneses, russos, checos e ucranianos. A história da ocupação na região começou ainda no século 19, quando essas terras eram conhecidas como Baixos do Embaúba. Vila Zelina mesmo, com esse nome, só existe desde 27 de outubro de 1927, quando foram feitos os primeiros loteamentos – por isso, a festa de aniversário, com quitutes típicos, no dia 27.

Traços dessas culturas estão presentes no cotidiano da vila. Pão preto, sardinha curtida e repolho azedo são delícias dos empórios, principalmente nos arredores da Praça República Lituana. Ali fica a Paróquia São José de Vila Zelina, católica, que, aos domingos, tem uma missa em lituano. O bairro ainda tem missa em ucraniano e a Paróquia da Santíssima Trindade, da Igreja Ortodoxa Russa (foto), com celebrações em eslavo antigo.

Festa da Vila Zelina. R. Aracati Mirim. Dia 27/10, 10h/18h. Grátis. www.amoviza.org.br

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 18 de outubro de 2013

Tem Twitter? Siga o blog

Tendências: