O anexo de Guilherme de Almeida
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O anexo de Guilherme de Almeida

Edison Veiga

29 Março 2014 | 00h55

FOTO: DIVULGAÇÃO

Comprada pelo governo paulista em 1970, a ‘Casa da Colina’ (R. Macapá, 187), onde desde 1946 vivia o poeta, advogado, jornalista, crítico de cinema, ensaísta e tradutor Guilherme de Almeida (1890-1969), se transformou, em 79, em um museu biográfico e literário, a Casa Guilherme de Almeida. Nos últimos anos, sob administração da organização social Poiesis, a residência passou a abrigar um efervescente Centro de Estudos de Tradução Literária. É por isso, para garantir espaço suficiente para os cursos e outras atividades culturais que, desde a semana passada, a casa ganhou um anexo. Fica na R. Cardoso de Almeida, 1.943. Informações: www.casaguilhermedealmeida.org.br.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 28 de março de 2014

Tem Twitter? Siga o blog

Mais conteúdo sobre:

CulturaLiteraturaSão Paulo