Monstros do chão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Monstros do chão

Em cada buraco, uma intervenção artística

Edison Veiga

24 Novembro 2015 | 07h42

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Trincas em calçadas e outros problemas nas superfícies urbanas estão ganhando cores e contornos. Trata-se de um projeto que mobiliza um grupo de alunos do 1º ano do Ensino Fundamental da Escola Santi, no bairro do Paraíso. Com pitadas de ativismo, a brincadeira começou a partir do trabalho com o livro ‘Monstros Urbanos’, da escritora e ilustradora Renata Bueno (Editora WMF Martins Fontes). Na obra, a autora criou figuras de monstros a partir de detalhes de fotos da cidade – de calçadas quebradas a crateras em vias públicas. No colégio, os alunos da professora Alessandra Calegaris Marins de Paulo fotografaram os ‘monstrinhos’ que encontraram nos arredores de casa e deram asas à imaginação. “Cada criança mapeou um local próximo e isso serviu para ampliar nossa conversa”, diz a professora. Em seguida, os alunos reuniram todas as fotografias e propuseram, por meio de cartas, intervenções aos moradores do bairro – buscando evidenciar esses ‘monstrengos’. Em três desses pontos, os próprios alunos colocaram mãos e pincéis à obra.