As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Livros e ‘cantação’ em Heliópolis

Edison Veiga

17 Outubro 2011 | 10h53

CULTURA NA PERIFERIA
FOTO: DIVULGAÇÃO
Para marcar a entrega de 1,4 mil livros novos, a Fundação Carlos Chagas realiza um evento curioso às 14h30 de amanhã, na biblioteca comunitária Unas/Heliópolis, na mais populosa favela paulistana. Batizado de “cantação” de histórias, consiste na apresentação de um grupo de artistas (foto acima) que transforma literatura em música.

“Temos o grande sonho de transformar nosso bairro por meio da educação. A biblioteca é, portanto, nossa grande ferramenta”, afirma Antonia Cleide Alves, presidente da União de Núcleos Associações e Sociedades de Moradores de Heliópolis e São João Clímaco (Unas), que administra o espaço. A biblioteca comunitária existe desde 2002.

“Nosso trabalho não se resume à doação dos livros”, explica Mariana Reimberg, gestora de projetos socioambientais da Fundação Carlos Chagas. “Também estamos realizando oficinas de leitura e escrita e promovendo a capacitação de quem atua na biblioteca.”

A fundação pretende fazer, ainda neste ano, trabalho semelhante em três outras regiões paulistanas.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 17 de outubro de 2011

Tem Twitter? Siga o blog