Hakuna matata no Zoo de SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Hakuna matata no Zoo de SP

Edison Veiga

13 de junho de 2017 | 18h10

Foto: Paulo Gil/ Zoológico de São Paulo

O Zoológico de São Paulo vai apresentar ao público ainda neste mês seis exemplares da espécie warthog, o porco africano que ficou famoso devido ao personagem Pumba, do filme ‘O Rei Leão’. São eles um casal que “está reproduzindo muito bem”, conforme nota da instituição; três filhotes com pouco mais de um mês de vida; e o primogênito, nascido em 2015.

“São animais dotados de muita força, agilidade e abundantes nas savanas africanas, vivendo em pequenos grupos sociais geralmente formados por fêmeas adultas e filhotes”, explica a bióloga Flávia Taconi, da Divisão de Educação e Difusão da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. “Uma característica bastante peculiar nesta espécie é a presença de grandes dentes incisivos que podem atingir entre 25 a 30 centímetros de comprimento nos machos adultos e são usados tanto em combates como para revirar o solo em busca de raízes e tubérculos. Frequentemente são vistos com os membros anteriores dobrados no chão, pois esta postura ajoelhada permite que usem o focinho e as presas como eficientes ferramentas de escavação.”

“Warthogs possuem pernas mais longas em comparação a outros membros da família dos suídeos, os porcos. Isso permite que corram muito rápido, atingindo velocidades de até 55 km/h, característica que facilita a fuga de predadores em potencial”, prossegue a bióloga. “Quando não estão forrageando, passam parte do tempo em tocas cuidando dos filhotes, se protegendo de predadores e das variações climáticas.”

Mais conteúdo sobre:

São PauloZoológico de São Paulo