Era uma casa…
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Era uma casa…

Edison Veiga

02 Abril 2014 | 00h04

FOTO: MARCIO FERNANDES/ ESTADÃO

A construção original é do fim do século 16, mas foram muitas reformas e modificações de lá para cá. Desde 2012, o Casarão do Afonso Sardinha – como é chamado, em alusão ao bandeirante que teria vivido ali – está sem uso, depois de 30 anos em que ficou sob administração da Associação Paulista dos Albergues da Juventude. E bastante deteriorado: há indícios de cupins e problemas visíveis no telhado, no madeiramento e nas janelas, por exemplo.

Um grupo de moradores da região do Parque do Jaraguá, onde fica o histórico imóvel, está se organizando para, por meio de ações ao longo do ano, cobrar obras de restauro. A Fundação Florestal, órgão do governo estadual que administra o parque, diz que um projeto já está em andamento e deve ser aprovado até o fim deste ano.

De acordo com a Fundação, após o restauro o casarão deve abrigar um “centro de visitantes” do parque, com informações históricas e curiosas sobre o imóvel, o movimento bandeirante na região e a criação do Parque do Jaraguá.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 28 de março de 2014

Tem Twitter? Siga o blog

Mais conteúdo sobre:

HistóriaPatrimônioSão Paulo