Curso forma zeladores do patrimônio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Curso forma zeladores do patrimônio

Edison Veiga

28 Setembro 2012 | 05h12

Em um projeto pioneiro em São Paulo, 40 alunos vêm sendo formados para ser zeladores do patrimônio histórico, artístico e cultural. Desde junho, eles frequentam gratuitamente as aulas. A iniciativa partiu do conservador e restaurador Antonio Sarasá, em parceria com o Museu de Arte Sacra, que cede o espaço e a infraestrutura para o curso.

O projeto é financiado pela Obra Assistencial Dona Cecília Galvão Vicente Azevedo, que bancou os cerca de R$ 300 mil necessários. “Gastamos milhões de reais, todos os anos, com restauração aqui em São Paulo. E gastamos quase zero em conservação”, diz Sarasá, coordenador do curso. “Por isso, acho importante formarmos pessoas qualificadas para trabalhar nos prédios, públicos ou privados, que tenham importância histórica”, completa.

Este foi o tema de minha coluna veiculada na segunda pela rádio Estadão ESPN. Mais informações, aqui.