Cultura no trilho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura no trilho

Programa cultural do Metrô comemora 30 anos

Edison Veiga

15 Janeiro 2016 | 00h01

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Desde 1986, o Metrô empresta seus espaços – e o gigantesco público que circula diariamente pelos trens – para exposições temporárias. São obras de arte, fotos históricas, objetos importantes ou curiosos.

Atualmente, há uma média de 20 mostras por mês, em estações de todas as linhas. Ao longo dessas três décadas, foram 3.336 atrações, sendo que o ano recordista foi 2009, com 282 eventos – 2015 fechou com 209.

Sem título

O projeto nasceu com o nome de Ação Cultural – e foi rebatizado em 2008, tornando-se o Linha da Cultura. “Foi um sucesso. Começou modesto e foi ampliando, ampliando – hoje é uma programação mensal em todo o sistema”, afirma Marcelo Cunha, do departamento de marketing do Metrô. “Todos os meses, recebemos de 30 a 35 propostas de exposições.”

Interessados em submeter projetos à companhia podem se inscrever neste link.

Mais conteúdo sobre:

ARTECulturaMetrôSão Paulo