Conjunto Nacional tem ‘Natal árabe’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Conjunto Nacional tem ‘Natal árabe’

Tradicional decoração da Avenida Paulista utilizou 20.800 tampinhas de garrafa, 13.600 CDs e 10.300 garrafas pet neste ano

Edison Veiga

02 de dezembro de 2015 | 00h01

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Tradição iniciada há 15 natais, a decoração de fim de ano do Conjunto Nacional, da Avenida Paulista, remete neste 2015 à temática árabe. “Os enfeites deste ano trazem a beleza, a precisão matemática, a arquitetura e as cores da cultura árabe. Módulos dispostos em forma repetitiva sobre arcos, perfeitamente calculada, remetem aos mosaicos que decoram pátios e abóbodas das mesquitas, praças e castelos do Oriente, em especial os que foram erguidos pelos árabes no vasto período em que levaram para a Europa, principalmente para a Península Ibérica, todo o brilho e o colorido de sua cultura”, diz o texto dos organizadores.

Como de praxe, o artista plástico e cenógrafo Silvio Galvão lançou mão de materiais alternativos. Foram 20.800 tampinhas de garrafa, 13.600 CDs, 10.300 garrafas pet, 4.000 galões de água e 600 metros de mangueira. Na fachada, o painel é formado por 800 peças.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O trabalho foi executado por 50 artesãos atendidos pelo Centro de Atenção Psicossocial Itapeva, pelo Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas, pelo Grupo Fênix e pelo Serviço Franciscano de Apoio à Reciclagem. Tudo sobre a orientação da Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foram quatro meses de trabalho.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação