Como a Polícia descreveu o ‘Ricardão da CET’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como a Polícia descreveu o ‘Ricardão da CET’

Edison Veiga

20 de agosto de 2013 | 00h15

IMAGEM: REPRODUÇÃO

A história você já sabe: em 1993, a CET passou a contar com 11 bonecos-manequins com roupas de marronzinho, espalhados nas duas marginais. Eram os Ricardões, alvo de piadas e infâmias dos motoristas paulistanos.

Ao longo da gloriosa carreira, um deles chegou a ser sequestrado de uma cabine próxima da Ponte do Jaguaré. No 93.º Distrito Policial, foi registrada a ocorrência, envolvendo “um manequim-fiscal, pardo e de bigode, vestindo camisa marrom e amarela com emblema da CET, com um X amarelo refletivo sobre o uniforme e usando um boné marrom”.

Leia mais sobre essa curiosa solução aqui.

Tema da coluna veiculada pela rádio Estadão em 29 de julho de 2013

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.