Com sede ao pote
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com sede ao pote

Edison Veiga

25 Novembro 2013 | 13h41

OLHA SÓ…

FOTO: ROBSON FERNANDJES/ ESTADÃO

O objeto da foto é cheio de histórias. No início do século 20, era um bebedouro, que ficava nos arredores do antigo hipódromo da Mooca – utilizado pelos cavalos para matar a sede. Nos anos 1990, o cocho foi transformado em vaso de plantas, na Subprefeitura da Mooca. Desde 2008, entretanto, estava sumido. Aí o engenheiro Francisco Ricardo – que trabalha há 20 anos na subprefeitura e, hoje, é o subprefeito – lembrou-se da existência do bebedouro e mandou que o procurassem. Encontraram-no aposentado em um antigo viveiro de plantas. Foi recuperado e agora enfeita o jardim da subprefeitura – mesmo que muitos desconheçam seu passado.
Subprefeitura da Mooca. Rua Taquari, 549.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 22 de novembro de 2013

Tem Twitter? Siga o blog

Mais conteúdo sobre:

HistóriaMoocaSão Paulo