Carnaval e muitas memórias afetivas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Carnaval e muitas memórias afetivas

SP EM OBRAS

Edison Veiga

22 Fevereiro 2017 | 08h29

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Nas memórias do artista plástico Gregório Gruber, inesquecível mesmo foi o carnaval de 1968. Ele tinha 16 anos e, na companhia de seus pais, foi a um baile de carnaval em pleno Teatro Municipal. “Tiraram todas as poltronas e transformaram o Municipal num imenso salão. Por acaso, quem fez a decoração era um amigo de meu pai, e aí ele ganhou entradas e me levou. Aquilo, para um garoto, era o máximo”, recorda-se. Anos depois, já artista de carreira consolidada, ele retratou o Municipal em diversas de suas obras. Neste link, é possível conhecer o relato completo do baile do Municipal. Neste outro, memórias de outros ilustres.

Mais conteúdo sobre:

CarnavalSão PauloTeatro Municipal