As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Câmara decreta Adoniran Barbosa patrimônio de SP

Projeto de Lei torna obra de compositor de 'Trem das Onze' patrimônio imaterial da cidade

Edison Veiga

18 de novembro de 2016 | 14h16

Foto: Oswaldo Jurno/ Estadão

Foto: Oswaldo Jurno/ Estadão

Com reportagem de ADRIANA FERRAZ

A Câmara de São Paulo aprovou projeto de lei que torna patrimônio imaterial a obra do músico Adoniran Barbosa (1910-1982), conhecido por canções que se tornaram símbolo da cidade, como ‘Trem das Onze’ e ‘Samba do Arnesto’.

De autoria do vereador Toninho Paiva (PR), a lei “declara a obra de Adoniran Barbosa como patrimônio histórico cultural imaterial do município”. De acordo com o texto aprovado, “toda a obra” do músico, “incluindo as composições e poesias”, passa a ser reconhecida como tal. Em sua justificativa, o vereador ressaltou que Adoniran “retratou com maestria o cotidiano do paulistano”.

Mais conteúdo sobre:

São PauloCultura