Biblioteca do Butantan reabre ao público
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Biblioteca do Butantan reabre ao público

Espaço passava por obras desde 2014

Edison Veiga

22 de outubro de 2015 | 00h01

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Depois de obras de revitalização e modernização, a biblioteca do Instituto Butantan, um dos maiores centros de pesquisas biomédicas do País, reabre ao público nesta quinta (22). Inicialmente, os visitantes poderão consultar obras da coleção, entre livros, folhetos, teses, dissertações, monografias e papers, e visitar a exposição em comemoração aos 150 anos de nascimento de Vital Brazil (1865-1950) e aos 70 anos do Hospital Vital Brazil, que apresentará itens do acervo do Butantan relacionados ao trabalho do cientista.

No início de 2014, reportagem publicada no blog mostrava as más condições do prédio, que então completava 100 anos de inauguração.

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

A biblioteca tem duas salas de estudo em grupo, uma ampla sala de estudo individual e uma sala de aula, todas equipadas com computadores, projetores e rede wi-fi. A área também integra a Rede de Informação e Conhecimento da Secretaria de Estado da Saúde.

O catálogo de obras dos pesquisadores do instituto, que conta com mais de 3 mil itens, também foi disponibilizado no canal da biblioteca no site do Butantan. O acervo atual da biblioteca é formado por cerca de 15 mil exemplares, entre livros, teses, dissertações, além de 200 mil fascículos de periódicos científicos, referências nas áreas de biotecnologia, imunologia, toxinas e biodiversidade. O prédio abriga também o acervo do Núcleo de Documentação, composto por acervos administrativos, científicos e históricos das áreas de pesquisa, produção e cultural do instituto. O Núcleo preserva e disponibiliza para consulta documentos textuais, fotográficos, sonoros, audiovisuais e cartográficos produzidos desde 1899.

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão

Reaberta, a biblioteca funciona das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira. O Instituto Butantan fica na Avenida Vital Brasil, 1.500, bairro do Butantã.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: