A voz da Vanguarda Paulista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A voz da Vanguarda Paulista

DO FUNDO DO BAÚ

Edison Veiga

12 Julho 2016 | 04h48

Foto: Sergio Castro/ Estadão

Foto: Sergio Castro/ Estadão

Em 1973, aos 24 anos, Itamar Assumpção (1949-2003) chegou a São Paulo, fixando-se no bairro de Santa Cecília. Na metrópole, seria um dos grandes nomes da cena alternativa dos anos 1970 e 1980, movimento que ficou conhecido como Vanguarda Paulista – era figura constante na programação do teatro Lira Paulistana, que marcou época em Pinheiros. Sua história é uma das relatadas por Ismael Caneppele no recém-lançado livro ‘A Vida Louca da MPB’ (Editora LeYa).