A mulher ‘invisível’ da SP do século 19
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A mulher ‘invisível’ da SP do século 19

Edison Veiga

04 Agosto 2016 | 04h27

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A ‘invisibilidade social’ da mulher no século 19 é contada por meio da exposição ‘Cândida e suas Três
Marias’. A mostra recria o interior do casarão onde viveu Cândida Bueno Lopes de Oliveira (1867-1951),
na Rua Barão de Limeira, no Centro. Ela foi casada com o advogado José Vicente de Azevedo, com quem
teve três filhas mulheres.

A exposição fica em cartaz até 23 de dezembro no Museu Vicente de Azevedo (R. Dom Luiz Lasanha, 300, Ipiranga, 2215-6900), de 2ª a 6ª, das 9h às 17h. Aos sábados e domingos, é preciso fazer agendamento.

Mais conteúdo sobre:

exposiçãoHistóriaSão Paulo