As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

308 páginas de história paulistana

Edison Veiga

05 de janeiro de 2012 | 05h10

VIAGEM NO TEMPO
FOTO: REPRODUÇÃO
O desenho a carvão do Monumento a Carlos Gomes (acima), erguido na Praça Ramos de Azevedo, ao lado do Teatro Municipal, é uma das preciosidades contidas no recém-lançado livro Arquivo Histórico de São Paulo: História Pública da Cidade (308 pág., Imprensa Oficial, R$ 100).

O livro traz 95 documentos – entre manuscritos, mapas, pranchas de arquitetura, desenhos e fotos – do acervo de 4 milhões de itens do Arquivo Histórico de São Paulo. A coleção abrange o período de 1555 a 1954 e traz de atas da Câmara a projetos urbanos de abertura de ruas e canalização de rios da cidade.

Cada documento reproduzido no livro é acompanhado por um comentário conciso, contextualizando-o historicamente. Os textos analíticos que mostram a vida paulistana do passado são de autoria do arquiteto e pesquisador Eudes Campos. O prefácio é assinado por Ulpiano Bezerra de Meneses, professor emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH – USP).

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 2 de janeiro de 2012

Tem Twitter? Siga o blog

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.