Revitalização do Anhangabaú inclui feira gastronômica e projeções de cinema
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Revitalização do Anhangabaú inclui feira gastronômica e projeções de cinema

Diego Zanchetta

01 de outubro de 2014 | 11h49

COM BRUNO RIBEIRO

Inaugurado em 1910, o Vale do Anhangabaú, na região central de São Paulo, vai passar pela sua maior modificação em três décadas. Desde o último final de semana a Prefeitura começou a instalar na região bancos, decks de madeira, paraciclos e áreas para atividades culturais. Nos finais de semana quem for ao centro também poderá encontrar no Anhangabaú feiras gastronômicas, barracas de frutas, aparelhos de ginástica, banheiros, wi-fi grátis e nova iluminação.

A recuperação da paisagem do vale faz parte de um ambicioso projeto para revitalizar a região com “os cidadãos se apoderando dos espaços públicos da região central”, segundo o governo municipal. O projeto é orientado pelo escritório dinamarquês Gehl Arquitects. A administração também quer incentivar comerciantes a alugarem fachadas de prédios que ficam vazios aos finais de semana para novos restaurantes e cafés.

Veja abaixo quais serão os equipamentos de lazer e cultural que começaram a ser instalados no Anhangabaú:

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.