Para incentivar ciclistas, Prefeitura libera volta da propaganda em táxis e ônibus
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para incentivar ciclistas, Prefeitura libera volta da propaganda em táxis e ônibus

Diego Zanchetta

05 de agosto de 2013 | 16h56

COM ADRIANA FERRAZ

Por 9 votos favoráveis e 3 contrários, a Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) da Prefeitura de São Paulo liberou a veiculação da campanha Pedala SP em 60 bicicletários, 5.000 ônibus e 3.000 táxis. É a primeira vez que anúncios publicitários voltam a circular em táxis e ônibus desde a criação da Lei Cidade Limpa, em janeiro de 2007.

Uma iniciativa do empresário João Paulo Diniz que ganhou apoio de esportistas e de associações de cicloativistas da capital, a campanha pretende incentivar o uso da bicicleta com mensagens sobre o benefício de trocar o carro por esse tipo de transporte. A campanha vai ter duração de 30 dias, a partir do início de setembro, e os anúncios não podem remeter a nenhuma marca comercial.

As propagandas também vão orientar a população a usar as ciclofaixas aos domingos e os bicicletários do Metrô. Em pouco mais de sete meses, é a segunda vez que a gestão Fernando Haddad (PT) flexibiliza a Lei Cidade Limpa. Em abril o prefeito havia permitido a volta dos cartazes de peças e apresentações em teatros e casas de shows.

As multas da Lei Cidade Limpa, principal marca da gestão Gilberto Kassab (PSD), também despencaram nos cinco primeiros meses de Fernando Haddad (PT) à frente da Prefeitura. Até maio, foram 157 multas aos que desrespeitam as regras para publicidade nas ruas de São Paulo, contra 1,7 mil no mesmo período de 2012. A redução é de 90%.

A Prefeitura de São Paulo diz que a diminuição no número das multas é “normal”, por causa do “conhecimento da lei e o maior respeito da mesma pelos cidadãos”. Quem é autuado tem de pagar R$ 10 mil. Hoje, com poucos espaços para a publicidade nas ruas, até a traseira dos Veículos Utilitários de Cargas (VUCs) estão sendo usadas para veicular campanhas de empresas como Cinemark, Claro e Heineken.

Campanha Pedala SP: anúncios vão estar em 3.000 táxis e 5.000 ônibus

Tudo o que sabemos sobre:

BicicletasPedala São Paulopublicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.