As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para evitar Telhada (PSDB), Câmara de SP desmembra Comissão de Direitos Humanos

Diego Zanchetta

03 de abril de 2013 | 17h08

Para evitar que o coronel Telhada (PSDB), ex-comandante da Rota, pudesse assumir uma vaga dentro da Comissão Extraordinária de Direitos Humanos, Cidadania e Segurança Pública, os vereadores aprovaram, em segunda e definitiva discussão, a cisão da comissão. Agora haverá uma Comissão de Segurança e outra de Direitos Humanos. Desde fevereiro, quando Juliana Cardoso (PT) passou a articular a divisão da comissão,Telhada disse ser vítima de “preconceito” de alguns parlamentares da Casa. Agora Telhada vai disputar a presidência da Comissão de Segurança com Ari Friedenbach (PPS). E Juliana Cardoso (PT) deve ficar com a de Direitos Humanos.