As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Gratificação de PM aumenta 31% na Câmara de SP

Diego Zanchetta

03 de abril de 2013 | 21h15

Os 39 policiais militares que trabalham na segurança do Palácio do Anchieta, a sede da Câmara Municipal de São Paulo, vão ganhar um aumento de 31% na gratificação mensal. De R$ 2.100 o bônus dos PMs vai saltar para R$ 2.990. O projeto que autoriza o reajuste está previsto para ser votado daqui a pouco pelos vereadores, que também aprovaram um aumento de 7,3% para os 1.937 servidores da Câmara e aos 698 funcionários do Tribunal de Contas do Município – o dissídio da categoria foi em março.

O aumento da gratificação dos PMs segue um mesmo benefício concedido no ano passado aos 41 guardas-civis metropolitanos (GCMs) que trabalham na segurança da Casa, segundo a Mesa Diretora do Legislativo. Os 80 policiais que fazem a segurança da Casa, porém, não conseguiram impedir, no ano passado, que homens de terno entrassem no plenário e roubassem quatro lap tops instalados na mesa de vereadores, durante uma audiência pública.

Depois do roubo, o ex-presidente Police Neto (PSD) passou a determinar que os policiais fizessem rondas em vias nos arredores da Câmara, o que desagradou a chefia da corporação na Casa. Agora eles voltaram a fazer apenas a segurança interna do prédio. Alguns PMs foram hoje ao Legislativo pedir aos vereadores rapidez na concessão do aumento da gratificação.

Mais conteúdo sobre:

aumentoPMvereadores