Ex-tucano é cotado para assumir a Coordenação das Subprefeituras
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ex-tucano é cotado para assumir a Coordenação das Subprefeituras

Diego Zanchetta

05 Fevereiro 2014 | 17h35

COM ADRIANA FERRAZ

O ex-tucano Ricardo Teixeira (PV) tem a preferência do prefeito Fernando Haddad (PT) para assumir a Secretaria de Coordenação de Subprefeituras, uma das pastas mais importantes e estratégicas da Prefeitura de São Paulo. Atual secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Teixeira só não foi confirmado ainda no novo cargo porque o PCdoB quer que a vice-prefeita Nádia Campeão assuma a vaga deixada por Francisco Macena (PT), que virou titular da Secretaria de Governo. A ala Novo Rumo do PT também defende o nome do vereador petista Reis para a função.

Apesar da disputa envolver nomes indicados pelos aliados PCdoB e do PT, Haddad prefere Teixeira. O vereador licenciado teve bom desempenho no Verde e Meio Ambiente, onde conseguiu iniciar um processo de desburocratização na aprovação de médios e grandes empreendimentos na capital paulista, na avaliação do prefeito. Teixeira também é um dos secretários “que mais trabalham”, na avaliação da cúpula governista.

Teixeira aparece como favorito para a Coordenação das Subprefeituras três meses depois de a Justiça de São Paulo afastá-lo da Secretaria do Verde e Meio Ambiente. A decisão foi embasada em uma condenação do secretário por improbidade administrativa, em 2007. A condenação foi resultado de dispensa de licitação de um escritório de advocacia em 2001, quando ele era diretor técnico da Desenvolvimento Rodoviário S.A (Dersa). A Justiça considerou o ato culposo.

Em outubro, após a determinação, a Prefeitura afastou Teixeira do cargo, que reassumiu sua vaga na Câmara Municipal – Teixeira está em seu terceiro mandato como vereador. A volta dele ao Legislativo se deu justamente na semana em que o governo Haddad tentava aprovar a alta de até 35% no IPTU. O voto de Teixeira foi essencial para a aprovação do aumento, hoje suspenso pela Justiça.

Teixeira foi secretário-adjunto de Andrea Matarazzo na Coordenação das Subprefeituras durante a gestão do prefeito Gilberto Kassab (PSD). “É uma pessoa com excelente ‘know how’ na área. É uma boa escolha se for confirmada”, comentou Matarazzo. O PV é contra a manutenção do partido no governo. “Não temos de permanecer no governo, isso é um erro”, afirmou Gilberto Natalini (PV).

Trocas. Com a provável saída definitiva de Teixeira da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, abre-se a corrida dos partidos aliados pela pasta. O PSD de Gilberto Kassab, por exemplo, pleiteia posição mais relevante na gestão como moeda de troca para não compor o bloco da oposição. Nas próximas semanas, outras mudanças devem ocorrer no primeiro escalão de Haddad.

O secretário municipal da Igualdade Racial, Netinho de Paula (PCdoB), deixa o cargo no fim de março para se lançar candidato a uma vaga no Congresso. Outros que vão sair são: secretário de Relações Governamentais, João Antonio (PT), indicado para o Tribunal de Contas do Município, e Eliseu Gabriel (PSB), que comanda a pasta do Trabalho e vai ser candidato a deputado federal.

O ex-tucano Ricardo Teixeira, aliado de Kassab na gestão passada, é o preferido de Haddad para assumir a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras

 

Mais conteúdo sobre:

HaddadPTTeixeira