As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Virada em São Paulo, festa como sonhavam os poetas

Pablo Pereira

15 de maio de 2010 | 13h33

 A São Paulo gigantesca, terra das oportunidades, problemática, mas moderna, conectada e requintada, não perdeu sua vocação de cidade festeira, como foi na pátria dos estudantes oitocentistas, e daí por diante. A moçada da época olhava para a Vila Imperial em busca da formação universitária, mas, diante do isolamento da época, como registraram poetas e intelectuais, criava suas próprias alternativas de divertimento.

Neste final de semana a cidade está como aqueles antepassados gostariam de vê-la: em festa. O evento chamado de Virada Cultural tem uma avalanche de oportunidades de diversão e de lazer por horas a fio, a partir do fim da tarde desde sábado.

A turma do Jornal da Tarde, um especialista na vida da metrópole, preparou um roteiro especial para que se possa, em maratona a pé, desfrutar das atrações! Veja aqui.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: