Um baiano paulista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um baiano paulista

Pablo Pereira

19 Março 2010 | 12h15

A relação do baiano Ruy Barbosa com São Paulo se estendeu bem além da passagem dele pelas salas de aula do Largo São Francisco nos idos de 1870, quando se bacharelou. São Paulo abriu para ele a porta da militância estudantil, ofereceu a pena do protesto em jornais e acesso à tribuna de oposição ao Império.

Andando pelas páginas virtuais do Museu da Cidade de São Paulo, riquíssimo acervo sobre a cidade, encontrei fotografia de monumento erguido em homenagem a Ruy.

 

Clique na foto

Clique na foto

 

(texto alterado em 24/03 para corrigir grafia de Ruy)