As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rino Levi, marcas pela paisagem

Pablo Pereira

21 de junho de 2010 | 08h00

 

Rino Levi, arquiteto
Rino Levi, arquiteto

Jardins em parceria com Roberto Burle-Marx (casa da família Gomes, em São José dos Campos, 1951), Casa Medice (Santo Amaro, 1935), Edifício Prudência (Higienópolis, 1944), cinemas, hospitais, bancos e até o Viaduto do Chá, de 1934. São criações que fazem parte do legado desse paulistano, filho de italianos, formado em Arquitetura em Roma em 1926. Rino Levi deu vida natural a ambientes, unindo o interno e o externo pela luz. O mais recente ataque a essa memória ocorreu com o incêndio no Teatro Cultura Artística e seu painel de Di Cavalcanti.

(Texto publicado em O Estado de S.Paulo)

ESCLARECIMENTO: O projeto do Viaduto do Chá, criação de Rino Levi, de 1934, foi classificado em segundo lugar no concurso de ideias para aquela obra. Foi considerado pelos julgadores “a solução mais conveniente no que respeita à viação e à estética”. Mas o projeto executado foi do arquiteto Elisário Bahiana.

Tudo o que sabemos sobre:

Rino LeviViaduto do Chá

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: