As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O longo caminho para a liberdade

Pablo Pereira

09 de abril de 2013 | 14h12

A entidade Repórteres Sem Fronteiras, que opera pelo mundo em defesa da livre expressão, tem um ranking global da liberdade de imprensa. No relatório 2013, os países mais livres para o exercício da profissão de jornalista são Finlândia Holanda e Noruega. Entre os piores, Cuba, China.  Os piores dos piores: Coreia do Norte e Eritreia. O Brasil aparece em 108º lugar –  entre 179 países. O vizinho Uruguai, do senhor José Mujica, está no nível de Estados Unidos, Inglaterra, França.  No mapa colorido vemos como a coisa por aqui ainda é bastante complicada.