As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Memorial da América Latina abre temporada com cinema a R$ 5

Pablo Pereira

06 Março 2015 | 13h31

Começa hoje, no Memorial da América Latina, uma boa opção de lazer paulistano. Boa e barata! As seções do Cineclube Latino-Americano, no Pavilhão da Criatividade, têm ingressos a R$ 5. O programa de março, distribuído pela comunicação do Memorial, tem filmes de animação, em parceria com o Instituto Cervantes. Na página do Memorial na web podem ser encontradas outras iniciativas do mês de abertura da temporada como exposições, oficinas de arte, lazer e shows: a cantora Gaby Amarantos, no dia 15, é diversão gratuita. E faz parte da comemoração do aniversário do presente que Niemeyer deu a São Paulo no dia 18 de março de 1989.

Abaixo, a programação de cinema:

Sessão Don Quijote: Ciclo de animação:

Sexta, 6 de março, 20h
“Chico & Rita”, filme de Fernando Trueba e Javier Mariscal, Espanha, 2010

Sexta, 13 de março, 20h
“Arrugas”, filme de Ignacio Ferreras, Espanha, 2011

Sexta, 20 de março, 20h
Maria y yo, filme de Félix Fernandez de Castro, 2011

Sexta, 27 de março, 20h
“El bosque animado, sentirás su magia”, filme de Ángel de la Cruz, Espanha, 2001

+

Ciclo Carretera Latina:

Sábado, 7 de março, 19h
“Qué Tan Lejos”, filme de Tania Hermida, Equador, 2006.

Sábado, 14 de março, 19h
“Cavalos Selvagens”, filme de Marcelo Piñeyro, Argentina, 1995

Sábado, 21 de março, 19h
“Pachamama”, filme de Eryk Rocha, Brasil, 2008

Sábado, 28 de março, 19h
“A Viagem”, filme de Fernando Solanas, Argentina, 1992

+

Ciclo A História do Cinema do Ponto de Vista do Público:

Domingo, 8 de março, 15h

A cinematografia de atrações: curtas de Lumière, Edison, Méliès, Alice Guy, Segundo de Chomón, Feuillade, Zecca, Porter, Griffith.

Domingo, 15 de março, 15h

A batalha do nickelodeon: seleção de trechos de filmes franceses, ingleses, americanos e russos do período 1905 – 1914, a partir da compilação feita por Noel Burch.

Domingo, 22 de março, 15h

A institucionalização do cinema: curtas do cineclube Cinema do Povo – 1913/14, filmes das Workers Film Leagues (Inglaterra), “Germinal” – França, 1913 (Albert Capellani)

Domingo, 29 de março, 15h

A institucionalização do cinema e as vanguardas (o impressionismo francês): “Entr´acte” – França, 1924 (René Clair), “A queda da mansão de Usher”, Jean Epstein, 1928.

.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Memorial da América Latina