As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fuga do centro vem dos anos 30

Pablo Pereira

07 de junho de 2010 | 08h52

Ensinam os velhos geógrafos, em escritos de mais de meio século, que o esvaziamento da região central da cidade já ocorria nas décadas de 40 e 50.

“Há (…) o grupo de subdistritos em que tem havido decréscimo de população, de maneira ininterrupta, a partir de 1934. (…) comprovando ainda uma vez o fenômeno universal já por tantas vêzes (sic) registrado nas grandes cidades do Mundo (sic)”, explica o estudo coordenado por Aroldo de Azevedo, publicado em A Cidade de São Paulo, estudo da geografia urbana. Ele lembra a evolução do abandono populacional de Sé, Santa Ifigênia, Brás e Bela Vista nos anos de 1934, 1940 e 1950.

(texto publicado em O Estado de S.Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:

Aroldo de AzevedoSão Paulo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: