As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coisas deste e de outros carnavais

Pablo Pereira

09 Março 2011 | 09h22

 Ainda é carnaval pelo país, as escolas de samba campeãs estão sendo conhecidas (Vai-Vai venceu em SP e a melhor do Rio sai nesta quarta, 9, à tarde*) e em outras cidades blocos e trios mantêm foliões em festa pelo menos até o final da semana.

E nessa época sempre nos vem à cabeça aquela velha discussão: São Paulo tem bom carnaval? São Paulo tem samba de qualidade?

Tem. Tem sim. São Paulo tem bom carnaval nas escolas de samba, espetáculo a cada ano mais elaborado. E a cidade também produziu excelentes sambistas em outros estilos. E faz tempo que é assim.

Um dos principais craques foi o grande João Adoniran Barbosa Rubinato.

Entre outras coisas muito boas feitas tendo a cidade como cenário, o homem criou o “Trem das Onze”, um grande sucesso dos anos 60  e que sempre é muito lembrado.

O carnaval de Adoniran era tão legal que a editora Irmãos Vitale, que ainda hoje edita músicas em São Paulo, e que naquela época cuidava dos direitos de Adoniran, começou a vender o “Trem” no exterior.

Como aqui, o  velho Jaçanã do Adoniran foi um sucesso lá fora.

Na onda da exportação da música do senhor Rubinato, o “Trem” chamou a atenção de um cantor italiano, Riccardo Del Turco, que decidiu pegar carona no sucesso do Jaçanã com uma versão. Na Itália, “Trem das Onze” se chamou “Figlio Unico”.

Quando Adoniran descobriu que seu samba fazia sucesso na Itália – e ele não recebia um tostão -, ficou uma arara.

Há um livro, do escritor Celso de Campos Junior, da Editora Globo, uma boa biografia de Adoniran, que conta os detalhes desse episódio.

Quem quiser ouvir uma amostra do “Trem das Onze”, em italiano, encontra fácil a versão na internet, no Youtube.

Então: “Trem das Onze”, só pra ficarmos com um produto de excelente qualidade – e bem paulistano.

.

*No Rio, deu Beija Flor. A escola que fez homenagem a Roberto Carlos.

(texto atualizado às 18h06)

.

E para quem quer ouvir o “Trem” no original, com os Demônios da Garoa, clique aqui. Ouça a música tocada no estúdio da TV Estadão, após entrevista a Felipe Machado.

(Texto atualizado em 26/o3)

.

Mais conteúdo sobre:

AdonirancarnavalJaçanã