As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Causa bilionária de Brumadinho será analisada no STF

Pablo Pereira

12 de fevereiro de 2021 | 20h26

O caso da tragédia de Brumadinho chegou ao Supremo Tribunal Federal. O ministro Marco Aurélio será o relator da ação (ADPF 790) movida por partidos políticos e pelos atingidos pela barragem da Vale que desabou em janeiro de 2019, matando pelo menos 270 pessoas. Os movimentos sociais haviam pedido interferência do STF, que hoje, sexta-feira, aceitou a demanda. Segundo o coordenador do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Joceli Andrioli, já foi encaminhado pedido de audiência com o relator. A causa envolve uma cifra gigante. Um acordo da Vale com autoridades mineiras, de dias atrás, projeta mais de R$ 37 bilhões de indenizações. Mas os atingidos pediram a suspensão do acordo e alegam que a reparação devida supera os R$ 54 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:

Brumadinho

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.