As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brazucas solidários com as dores do mundo

Pablo Pereira

02 Dezembro 2018 | 12h50

O Brasil vive carregado de problemas, com pessoas que enfrentam a vida dura nas favelas, na pobreza, vivendo ao lado do crime nas periferias, sendo vítimas dessa realidade terrível que assola comunidades enormes pelo interior do País. É a dura realidade de um País, infelizmente, que não consegue se livrar dessa condição de atraso. Por outro lado, brazucas que foram viver no exterior, talvez impactados pela memória dessa vivência nacional difícil, que conta muito com a solidariedade, optam por trabalhar nesse espírito de colaboração. É o caso de Hugo Reichenberger, oficial de relações externas do ACNUR, organismo da ONU para refugiados, iniciativa dedicada ao trabalho com populações em perigo ou em condição precária de vida. Um pouco da história desse paulista de Araras pode ser conferida aqui.

 

Mais conteúdo sobre:

ACNUR