As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A cidade-gigante não perde sua aura

Pablo Pereira

24 Janeiro 2011 | 11h20

São Paulo faz aniversário amanhã, 25 de janeiro. 457 anos. Mas ela, como se conhece hoje, é bem mais jovem. Sua fase de crescimento econômico, que resultou na metrópole, tem 100 anos, por aí. Hoje é uma cidade-gigante – em torno da qual gravitam dezenas de municípios que, com ela, formam uma mancha urbana colossal.

São Paulo é cosmopolita, moderna, mas mantém bairros pacatos, com hábitos provincianos. É rica em modos de vida, diversa, como desde os tempos de vila imperial, quando servia de abrigo de viajantes a caminho do interior virgem do País.

 Por estes dias, São Paulo sofre com as incompetências da gestão pública, principalmente na infraestrutura urbana (trânsito e enchentes) e na segurança pública. Mas, apesar de todos esses pesares, São Paulo não perde sua aura fascinante. Veja aqui depoimentos de amantes da cidade. 

E ouça reportagem de Norberto Notari, da Rádio Eldorado. Aqui.

Mais conteúdo sobre:

São Paulo