Passarela provisória de Congonhas necessita reparos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Passarela provisória de Congonhas necessita reparos

Marcel Naves

19 Agosto 2016 | 17h30

Passarela

Sem manutenção adequada, passarela em frente ao aeroporto de Congonhas, oferece risco aos pedestres

Inaugurada provisoriamente em outubro do ano passado, a estrutura metálica que substitui a antiga passarela Comandante Rolim de Amaro, na Avenida Washington Luís, é atualmente um problema para quem precisa utilizá-la. Sem uma cobertura adequada em dias de chuva, o piso de borracha fica perigosamente escorregadio. As escadas necessitam de manutenção e há lixo por toda parte. Não existe  uma rampa que possa garantir o acesso de cadeirantes.

Um estacionamento irregular ocupa parte da calçada, prejudicando os pedestres que saem da passarela e aguardam no ponto de ônibus. O comércio ilegal predomina na região, mas não chega a causar problemas, ao contrário. Uma vendedora, que preferiu não  se identificar, cuida todos os dias de manhã da varrição.  “Se a gente não varre e recolhe o que o pessoal joga por aqui, o lixo se acumula e toma conta de tudo”, afirma.

A atual passarela foi entregue depois que a antiga  foi demolida, exatamente  por apresentar problemas estruturais.  A ideia inicial era de que a via fosse utilizada por seis meses, mas com possibilidade de que o prazo pudesse ser prorrogado. A situação persiste até os dias atuais.

Em um comunicado, a Prefeitura afirmou que a zeladoria não é de sua responsabilidade. A nota  ressalta que na próxima semana, fará uma vistoria para os reparos necessários.

Confira a íntegra da resposta da pela PMSP

“A subprefeitura Santo Amaro informa que o imóvel citado não apresentou licença de funcionamento, e o proprietário foi intimado e multado no valor de R$8.000,00. Ele terá 30 dias para regularizar a situação.
A zeladoria e iluminação da passarela são de responsabilidade da empresa contratada Viga Participações e Engenharia Ltda. A equipe de engenharia da Coordenação das Subprefeituras notificou a contratada para que faça vistoria e os reparos necessários no local até a próxima semana”.
Ouça aqui a reportagem: