Pais reclamam da falta de funcionários em CEU da zona leste
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pais reclamam da falta de funcionários em CEU da zona leste

Marcel Naves

11 de novembro de 2016 | 20h22

CEU Azul da Cor do Mar, no bairro Cidade A E Carvalho, na zona leste.

CEU Azul da Cor do Mar, no bairro Cidade A E Carvalho, na zona leste.

No CEU Azul da Cor do Mar, a falta de profissionais tem gerado protestos. As reclamações foram feitas por pais de alunos do Centro Educacional Unificado de Cidade A E Carvalho, na zona leste. Segundo as reclamações, professores estariam faltando e estagiários que foram demitidos não foram substituídos.

Para Dulciene Mattos de Almeida, mãe de uma menina de 08 anos com síndrome de Down, existe um verdadeiro descaso da instituição. “As crianças ficam jogadas num canto, pois os professores que restam só conseguem lecionar para as outras crianças”, afirma.

Há relatos em que diante da situação, pais acabam sendo orientados a ficarem com os filhos em casa. No entanto, a preocupação principal está com a evolução pedagógica das crianças. Para o motorista Gilson Vieira, sua filha tem sido seriamente prejudicada com esta situação. “Ana Clara não consegue mais soletrar com a mesma frequência, ela agora tem muita dificuldade para unir as letras”, afirma.

Em nota, a prefeitura negou que a reclamações feitas tenham fundamento. Segundo o comunicado, os alunos deficientes contam com atendimento especial e suporte intensivo.

Leia a íntegra da nota emitida pela PMSP.

“Não há falta de professores/funcionários no CEU Azul da Cor do Mar.  A unidade tem atualmente 25 alunos deficientes. Desse total, 3 necessitam de atendimento especial do Auxiliar de Vida Escolar (AVE). O CEU possui atualmente 2 AVEs, que oferecem suporte intensivo aos educandos e educandas que não têm autonomia para as atividades de alimentação, higiene e locomoção. Conforme a Portaria nº 5.594, de 28/11/2011, o AVE pode atender até 4 alunos. O quadro de professores e servidores do CEI, EMEI e EMEF está completo.

Casos – A Diretoria Regional de Educação Itaquera, responsável pelo CEU Azul da Cor do Mar, informa que os alunos citados na matéria são atendidos por dois professores auxiliares, que complementam o trabalho do professor titular. O filho da sra. Dulciene Matos de Almeida está regularmente matriculado no 2º ano (turma C – tarde); a filha do sr. Gilson Vieira cursa o 3º ano, turma D, também do turno da tarde; mesmo ano, turma e período da filha da sra. Fernanda dos Santos Silva. Sobre esse caso, inclusive, o Sistema EOL apresenta a filha da sra. Fernanda ainda em acompanhamento clínico no Centro de Estudos do Genoma Humano ( CEGH ), da Universidade de São Paulo, com Hipótese diagnóstica de Síndrome de delação 1p36; o que não caracteriza autismo. Mesmo assim, a aluna também tem acompanhamento de professor auxiliar em sala de aula.”

Ouça aqui a reportagem

Tendências: