Lixo que sobra de reciclagem irregular é problema recorrente no Bom Retiro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lixo que sobra de reciclagem irregular é problema recorrente no Bom Retiro

Marcel Naves

13 de outubro de 2016 | 20h12

Catadores coletam irregularmente sacos de retalhos que são descartados por lojas, nas ruas do Bom Retiro.

Catadores coletam irregularmente sacos de retalhos que são descartados por lojas, nas ruas do bairro do Bom Retiro

Todos os dias após o horário comercial, lojistas do maior centro de compra e venda de roupas de São Paulo se desfazem de toneladas de retalhos. Depois de irregularmente coletado, o material é separado e o que pode ser aproveitado é estocado em carros velhos ou carrocinhas. As  sobras sem valor acabam descartadas em ruas e avenidas  do Bom Retiro. O descaso é apontado como a principal causa das  enchentes da região.  A aposentada Nilza Almeida mora na Rua Newton Prado e afirma que não são raras as vezes em que a água chega a subir mais de um metro de altura. “A gente já sabe que nos dias de chuva quem tá dentro não sai e quem está fora não entra, o jeito é esperar a água baixar”, afirma.

Há  tempos moradores e comerciantes tentam manter as ruas limpas. Jorge Davino, que chegou ao Bom Retiro em 1976, é dono de um pequeno restaurante. Para ele, o entulho só é espalhado devido a atuação clandestina dos catadores. “Eles pegam o que acham interessante, depois jogam pela rua. E isto quando não pegam os sacos e jogam tudo fora”, diz

Quem trabalha na região reclama da dificuldade em caminhar pela calçada. O lixo espalhado, além de prejudicar a mobilidade de pedestres, também é responsável pelo entupimento de bueiros.

Em nota, a Prefeitura informou que realiza periodicamente os serviços de limpeza. Ainda de acordo com o comunicado, diversas campanhas de conscientização são feitas junto à população alertando sobre os problemas causados pelo descarte irregular.

Confira abaixo a íntegra da nota emitida pela PMSP:

“ Os serviços de limpeza nas ruas Newton Prado e Barra de Tibaji ocorrem duas vezes ao dia, ao menos seis vezes por semana. A coleta domiciliar é diária, no período noturno. A região do Bom Retiro, assim como o Pari e Brás, possui diversas fábricas de tecelagem e comércios. A empresa que presta serviço de zeladoria à Prefeitura efetua diversas campanhas, porta a porta, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os problemas do descarte irregular e os horários de coleta. Apesar das ações, os descartes irregulares na região são constantes. A participação da população é fundamental para a manutenção da limpeza.

Informações Complementares

De acordo com o Plano de Gestão Integrada de Resíduos – PGIRS, grandes geradores, com volume igual ou superior a 200 litros por dia de resíduos sólidos são responsáveis pelo próprio descarte do resíduo, não sendo permitido destinar parte ou a totalidades dos resíduos para a coleta pública.

Sobre a coleta domiciliar, é importante que a população descarte os resíduos devidamente ensacados nos dias de coleta e até duas horas da passagem do caminhão”.

Ouça aqui a reportagem na íntegra: