No Glicério praça é fechada com cadeado
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No Glicério praça é fechada com cadeado

Marcel Naves

09 Agosto 2016 | 15h57

Portão principal de acesso a Pça na Rua Prefeito Passos, no Glicério esta fechado há mais de um ano.

Portão principal de acesso a Praça Ministro Francisco Sá Carneiro, na rua Prefeito Passos, no Glicério esta fechado há mais de um ano.

Na baixada do Glicério, região central de São Paulo os moradores estão impossibilitados de utilizarem uma das poucas áreas verdes existentes na redondeza. Isto porque, o portão principal da Praça Ministro Francisco Sá Carneiro se encontra fechado com corrente e cadeado. O único acesso possível é feito por moradores de rua por meio de um buraco aberto em uma das grades.

A área que em anos anteriores chegou a ser utilizada pela comunidade se encontra abandonada.  As poucas benfeitorias que existiam foram destruídas, o que sobrou das quadras poliesportivas, por exemplo, está ocupado por barracas montadas por usuários de drogas.

No local ao menos duas obras que chamam á atenção já começaram a ter as paredes levantadas . Não há qualquer placa que indique do que venha a ser o projeto, e tão pouco se o processo da construção está regular.

Quadra poliesportiva semidestruída está tomada por entulho

Quadra poliesportiva semidestruída está tomada por entulho

A reivindicação dos moradores para que o lugar volte a ser utilizado como espaço de lazer é antiga.  Adilson Gonçalves, que é representante da organização de moradores do Glicério afirma que já fez diversas reuniões a respeito. “A gente sempre ouve uma história diferente, são sempre promessas de que irão resolver, que vão devolver a nossa praça, mas nada acontece”, afirma.

Armando Leonardo reside no bairro há pelo menos três décadas e relata que o local já foi muito utilizado para o lazer. Ele se recorda que as pessoas costumavam se divertir na região . “Todo mundo vinha dar uma relaxada, eram crianças, jovens e senhores. Todo mundo vinha passear por aqui, era um lugar bonito você tinha de ver”, diz.

Em nota a prefeitura afirmou que a praça está interditada por ter sido ocupada irregularmente. Não foi dado prazo para que o local seja reaberto. No próximo dia 27 , a partir das 8 horas , os moradores do Glicério darão início a uma série de manifestações no local .  O protesto será encerrado ás 17 horas, com um  abraço simbólico a praça Ministro Francisco Sá Carneiro.

Confira abaixo a integra do comunicado enviado pela PMSP:

“A praça estava ocupada irregularmente e foi fechada diante da nova situação. Neste momento, a prefeitura estuda e deve encaminhar em breve processo de reintegração”.  

 Ouça aqui a reportagem