Bares em ruas da zona sul ignoram o Psiu e causam transtorno a moradores
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bares em ruas da zona sul ignoram o Psiu e causam transtorno a moradores

Marcel Naves

01 de novembro de 2016 | 18h59

 

Bares da Rua General Leite de Castro, no Jd. Santa Cruz, na zona sul da cidade.

Bares da Rua General Leite de Castro, no Jd. Santa Cruz, na zona sul da cidade fecham durante e abrem à noite

Os moradores da Avenida General Leite de Castro, no Jardim Santa Cruz, não sabem mais o que fazer para garantir a tranquilidade. O motivo das reclamações vem de bares e restaurantes da região, que  parecem desconsiderar o Programa de Silêncio Urbano.

O Psiu foi criado pela Prefeitura com o objetivo de combater a poluição sonora e tem amparo legal. A lei de zoneamento, 16.402, por exemplo, em seu artigo 146, proíbe a emissão de ruídos produzidos a níveis superiores que os determinados pela legislação federal, estadual ou municipal.

No entanto, uma moradora, cuja a casa está a poucos metros de um dos estabelecimentos, desabafa que a situação está insustentável e se arrasta há pelo menos 3 anos. “A música ao vivo não tem hora e tem ainda os estudantes que vão pra rua, gritam, quebram garrafas e brigam. Tem gente aqui que está ficando doente”, afirma a dona de casa.

Quase todo o comércio existente ocupa antigas residências, não havendo qualquer tipo de adaptação, como por exemplo, o isolamento acústico. Por serem áreas relativamente pequenas, é comum que a lotação máxima seja atingida em pouco tempo. Uma vez na rua, os frequentadores constantemente passam a ocupar parte das vias e das calçadas.

O trânsito costuma ficar caótico, sobretudo no período da noite. Os carros são estacionados em locais proibidos, em frente a garagens, e não raras às vezes, acabam por bloquear acessos às ruas próximas.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo informou, sem precisar datas, que  tanto a CET quanto o Psiu incluirão os locais citados nas  próximas fiscalizações.

Leia abaixo a íntegra da nota emitida pela PMSP:

“A Companhia de Engenharia de Tráfego vai vistoriar a Avenida General Leite de Castro e incluirá a via na fiscalização periódica realizada por meio de rotas em viaturas.

O Programa de Silêncio Urbano (PSIU) informa que irá incluir o endereço citado na programação das próximas ações de fiscalização”.