Comerciantes reclamam do lixo na Oscar Freire
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comerciantes reclamam do lixo na Oscar Freire

Marcel Naves

06 Fevereiro 2017 | 17h11

Falta de varrição na Rua Oscar Freire tem motivado reclamações. Foto Marcel Naves/Tirada com Moto Z Play + Hasselblad True Zoom

Falta de varrição na Rua Oscar Freire  motiva reclamações. Foto Marcel Naves/Tirada com Moto Z Play + Hasselblad True zoom

Na badalada Rua Oscar Freire, região central, um dos principais endereços de compras da cidade, a falta de varrição tem sido o motivo para muitas reclamações. As queixas, principalmente dos lojistas, tratam do lixo deixado nas calçadas e sarjetas. O pior trecho está compreendido entre as Ruas Cardeal Arcoverde e Teodoro Sampaio.

Os sacos com resíduos residenciais, que são deixados sobre os passeios, quase sempre acabam rasgados. Desta maneira é grande a quantidade de material descartável, como garrafas pet, copos e até papel higiênico que acabam espalhados. Diante da situação, os comerciantes acabam realizando a limpeza por conta própria.

Um taxista, que prefere não ser identificado, ressalta que a situação não acontece em toda a rua, mas em alguns trechos. Trabalhando há alguns anos em um ponto, na altura do número 1.950, ele alega que diariamente tem de varrer a rua. “Parece que eles se esqueceram deste lado e só ficam do lado de lá, tem de olhar pra cá também”, afirma.

As caçambas existentes também representam uma grande preocupação. As mesmas seguem as determinações legais quanto à identificação, mas em geral estão com sua capacidade de recolhimento esgotada.

Em nota, a Prefeitura informou que irá solicitar as empresas responsáveis pela limpeza da Oscar Freire, para que regularizem os serviços necessários.

Confira abaixo a nota enviada pela prefeitura:

“A AMLURB (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) informa que irá fiscalizar os locais informados pela reportagem e solicitar providências das empresas prestadoras de serviços, em relação a varrição e coleta de resíduos”.

Ouça aqui a reportagem.

Mais conteúdo sobre:

Moto Z Play